• Palavra da Presidente
  • Atuação firme para organizar os trabalhadores, com democaria e liberdade

     

     

    É com imensa satisfação que ocupo a presidência da Força Sindical Bahia, tendo nossa diretoria sido eleita por duas vezes em chapa única. Agradeço aos meus companheiros e companheiras de direção, funcionários e todos que de alguma forma apoiaram as nossas ações no estado.

     

    A responsabilidade de dirigir a Força na Bahia é enorme. Ao longo dos anos tive a oportunidade de conhecer a realidade do trabalhador baiano, tanto do campo como da cidade. Honrando o papel da Força Sindical no cenário político sindical brasileiro e internacional, lutamos juntos para garantir os direitos fundamentais dos trabalhadores. Sabemos que é preciso continuar nessa árdua batalha para ampliar as conquistas.

     

    A nossa luta e os grandes desafios permanecem: Jornada de 40h semanais sem redução de salários; Fim do Fator Previdenciário; Reforma Agrária; Igualdade de oportunidades entre homens e mulheres; Política de valorização dos aposentados; 10% do PIB para a educação; 10% do orçamento para a saúde; Correção da tabela do Imposto de Renda; Ratificação da Convenção 158 da OIT; Regulamentação da Convenção 151 da OIT; a ampliação do investimento público; Fim do Trabalho Infantil e Escravo.

     

    Nos últimos quatro anos a Força Sindical Bahia cresceu em números de filiados e na organização dos sindicatos. Isso se deve à intensificação do trabalho por todo o estado, pois agimos em toda a Bahia formando nossos dirigentes, acompanhando as eleições sindicais, assembleias, seminários e campanhas salariais dos nossos sindicatos. Também representamos, no âmbito nacional e internacional, a Força Sindical, demonstrando o protagonismo e liderança dos nossos dirigentes estaduais.

     

    Os desafios são enormes. Entretanto, reafirmamos o compromisso da Central com a classe trabalhadora e continuaremos na luta por uma sociedade mais justa, igualitária, com desenvolvimento econômico, social, ambiental e pela implementação da Agenda do Trabalho Decente.

     

    Nair Goulart

    Presidente da Força Sindical BA

    Presidente Adjunta da Confederação Sindical Internacional – CSI